Bafões   Diversão   Mídia   Música   Moda   Noite   Notícias   Sensual   Shows   Twitter

Diversão

 

Chuva alaga Independência e compromete conforto do público no show de David Guetta e Calvin Harris

 

A chuva caiu pouco depois que o DJ Calvin Harris, outra atração da noite, subiu ao palco

Depois de ter uma apresentação cancelada em BH, em 2011, por causa da chuva, David Guetta trouxe mais tempestade para a cidade. Desta vez o show não chegou a ser cancelado, mas sua apresentação na Arena Independência, neste feriado de 15 de novembro, quinta-feira, foi marcada pelo temporal que atingiu a cidade no final da tarde.

A chuva caiu pouco depois que o DJ Calvin Harris, outra atração da noite, subiu ao palco. O que começou como refresco que deu até uma animada no público, que pulava na pista colocada sobre o gramado do estádio, acabou como uma espécie de reprodução – em escala bem menor, evidentemente – dos estragos vistos em várias regiões da cidade. 

Antes da chuva, tudo corria bem. Entradas organizadas, público lotando as pistas comum e premium com tranqüilidade. Os espaços de compra de bebidas funcionavam sem filas. Quem queria bombar na pista tinha espaço e segurança, e quem queria assistir às atrações mais confortavelmente, ocupava as cadeiras destinadas originalmente aos fãs de futebol.

No entanto, só foi a chuva apertar para que um micro caos se instalasse. Os espaços laterais do estádio começaram a alagar e a água acabou escorrendo para as cadeiras. Como se não bastasse, as pessoas que se abrigavam da chuva nas cadeiras da arquibancada foram surpreendidas por uma verdadeira cachoeira, que começou a escorrer da tão criticada “geral”, espaço que fica na parte superior da arena.

O show continuou, apesar de uma pequena queda de energia no momento em que Guetta se preparava para começar. Grande parte das cerca de 20 mil pessoas que compareceram ao estádio continuaram a aproveitar as apresentações, levando a sério a máxima: está na chuva é pra se molhar. Quem decidiu ir embora do local mais cedo, penou para conseguir taxis, visto a condição do resto da cidade. 

Levando em consideração o que se viu na arena na tarde desta quinta, o que dá para concluir é que problemas existem, ainda mais quando uma tempestade derrama sobre a cidade um quarto da água esperada para todo um mês. Os deméritos, no entanto, não são definitivamente da produção, que tomou todos os cuidados possíveis para fazer uma festa bonita e organizada e cumpriu com certeza sua parte.

Por fim, a Arena Independência ganhou nessa estreia musical mais críticas para a coleção iniciada com a opinião dos torcedores de futebol. Um coisa é fato: em caso de shows é melhor, no mínimo, começar a torcer para não chover.

 

COMENTE

Mande sua opinião


Nome:

E-mail:

Telefone:

Mensagem:
;

 

Mais Notícias

» Wanessa arrasa em show hightech para gravação de DVD

» Stalin Nixon, de Contagem-MG, fez sucesso como dançarino de axé

» Eduardo Pires, de Contagem-MG, mostra a beleza dos morenos

» São do Automóvel em São Paulo põe homens bonitos para atrair clientes mulheres

» Grife Marc Jacobs faz comercial bem "safadinho"

» Rihanna canta 'Stay' e 'We Found Love' na final do X-Factor UK

» Jefferson Nunes curte férias de inverno nos cidades mais luxuosas da Europa

» Revista Made In Brazil nº 6 no Brasil e em Nova York é lançada

» DJ Fábio Rizzo, Kayete e Grupo Top Dance bombam Club Ferveção de Férias

» Mikal Brithman e Gogoboys Apollo e Thalles agitam mais uma Quinta Mix em BH

 

» Club Ferveção está de volta com a festa Clube de DJ's

 

» Namorado é considerado artigo de luxo para belo-horizontinas

   
  

 

 

 FERVEÇÃO - Copyright (c)