Bafões   Diversão   Instagram   Música   Noite   Notícias   Sensual   Shows   Twitter

 Rio de Janeiro

   

24ª Parada do Orgulho LGBT do Rio leva 800 mil pessoas para a orla de Copacabana mesmo com chuva

 

O tema deste ano foi “Pela democracia, liberdade e direitos: ontem, hoje e sempre” e fez referência aos 50 anos da Revolta de Stonewall e 40 anos do movimento no Brasil

A 24ª Parada do Orgulho LGBT do Rio reuniu 800 mil de pessoas na orla de Copacabana no domingo, (22.09). Com o tema “Pela democracia, liberdade e direitos: ontem, hoje e sempre”, o Grupo Arco-Íris, ONG que há 26 anos organiza a marcha, fez referência aos 40 anos do movimento LGBTI no Brasil e 50 anos da Revolta de Stonewall, em Nova Iorque. 

A marcha contou com apoio da FM O Dia e patrocínio da Uber, o aplicativo oficial de mobilidade da Parada do Orgulho LGBTI+ Rio e da Buser. Neste ano, pela primeira vez, a Parada recebeu o apoio de mais de uma dezena de associações e consulados de diversos países, assim como dos institutos culturais europeus reunidos na rede EUNIC Rio, que se uniram à marcha para levantarem, conjuntamente, as bandeiras do respeito, da igualdade e da diversidade. 

A atriz e cantora Jane Di Castro fez sua tradicional apresentação cantando o Hino Nacional em ritmo de samba. As outras atrações foram: Teresa Cristina, Pabllo Vittar, Lexa, Clau, Gabily, Brunelli, MC Rebecca, As Bahias e a Cozinha Mineira, Carol Biazin e Day.

Organizada pela ONG Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT, a Parada do Orgulho LGBTI+ Rio 2019 teve o desafio de aliar festa, exaltação às liberdades individuais, o respeito à diversidade e a conscientização para que seja cumprido o recente entendimento do Supremo Tribunal Federal, que equiparou ao racismo à discriminação e à violência contra LGBTI. 

“Neste ano a Parada celebrou os 50 anos de luta no mundo e os 40 no Brasil. Temos muito o que agradecer às travestis, elas que enfrentaram os policiais em Stonewall e conseguiram sobreviver. Por isso estamos aqui hoje, resistindo e lutando para que ninguém mais seja vítima de lgbtifobia”, reforçou Almir França, presidente do Grupo Arco-Íris.

Resistindo às opressões e à carência de apoio público e privado, inclusive financeiro, a Parada LGBTI+ Rio entoou gritos de respeito e liberdade. “Hoje em dia, amar é um ato de resistência. E resistiremos à violência e ao ódio mostrando a todos que somos capazes de amar qualquer pessoa, porque é isso que importa: respeitar, amar e resistir”, afirmou Julio Moreira, diretor sociocultural do GAI. Durante diversas vezes, em várias falas, participantes lembraram a morte da menina Ágatha, que foi baleada nas costas em uma operação policial na última sexta-feira, no Complexo do Alemão.

"Hoje foi um dia histórico! Começamos a Parada, em 1995 com apenas 18 pessoas, hoje somos 800 mil pessoas aqui lutando por nosso direito de existir. A população LGBTI+ já teve algumas conquistas, como o casamento LGBTI, direito à identidade de gênero e alteração do nome para travestis e transexuais e, recentemente, a equiparação do crime lgbtifobia ao racismo. Apesar disso, o Congresso Nacional se mantém omisso diante dos nossos direitos e as políticas públicas para o enfrentamento da discriminação e violência ainda são frágeis e incipientes", analisa Cláudio Nascimento, fundador e coordenador da Parada.

A Parada LGBTI+ Rio A Parada do Orgulho LGBT Rio organizada há 24 anos pela ONG Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT e leva para as ruas pessoas que lutam por direitos iguais, que combatem a intolerância, o preconceito e o ódio, dando voz àqueles que por tantos anos viveram à margem da sociedade, mostrando que o mundo está avançando para um lugar que respeita a diversidade e que todos têm o direito de amar quem quiserem. Ela é considerada o terceiro maior evento da cidade e leva centenas de milhares de pessoas para a mais famosa praia do mundo. A Parada é sinônimo de vanguarda. Foi a primeira do Brasil e desde então cumpre papel importante na luta pela igualdade de direitos para a população LGBTI no país.

 

 

Pabllo Vittar e Lexa fizeram show no trio da Buser

Atrações mais esperadas da Parada LGBT do Rio em 2019, Pabllo Vittar e Lexa não decepcionaram e fizeram ótimos shows em cima do trio elétrico da Buser. 

Pabllo se apresentou primeiro e durante uma hora cantou seus principais sucessos com coreografia e bailarinos. Lexa entrou e a chuva que caia forte não atrapalhou a ótima performance da funkeira carioca. O look da cantora chamou atenção, no hotel ela postou um vídeo.

 

 

Trio elétrico da militância tem presença de drags, políticos e atores da novela Malhação da Globo

O primeiro trio que desfilou na Parada LGBT do Rio levou a militância, políticos, drags e artistas. A Miss Gay Rio de Janeiro, a drag Eula Rochard, o deputado federal David Miranda, a atriz trans Jane di Castro, a cantora Tereza Cristina entre outros famosos agitaram o trio. 

Os atores do núcleo LGBT de Malhação Vidas Brasileiras curtiram o evento de forma muito animada. O ator Ronald Sotto fez um vídeo para o Ferveção mandando um beijo para os mineiros. Ele é um dos protagonistas da novela teen em 2019, irmão do personagem Serginho (João Pedro Oliveira), que tem um romance gay na novelinha

O ator Pedro Vinícius, protagonista de 2018, quando formou par com o ator Giovanni Dopico no folhetim, também estava no trio e era um dos mais animados.

 

 

Coletiva de imprensa da Parada LGBT do Rio 2019 tem presença de famosos, militantes e políticos

A coletiva de imprensa da 24ª Parada LGBT do Rio aconteceu no Othon Palace Hotel, em frente ao ponto de partida da marcha na av. Atlântica, em Copacabana, antes do evento começar. Os dirigentes da Ong Grupo Arco-íris falaram sobre as pautas do movimento e o momento político na atualidade com retrocessos de direitos. 

Políticos como o deputado federal David Miranda e a deputada federal Jandira Fegali e o deputado estadual Carlos Minc compuseram a mesa de convidados que discursou. A atriz da TV Globo, Rosane Gofman, no ar em A Dona do Pedaço, e o ator Luis Lobianco também falaram. A atriz trans Jane de Castro cantou uma canção em francês no encerramento da coletiva de imprensa. 

 

 

Veja os bonitões que estiveram na Parada LGBT do Rio 2019

A Parada LGBT do Rio atrai muitos turistas internacionais e de outras cidades do país além dos cariocas. Ferveção flagrou muitos bonitões durante a marcha na av. Atlântica. 

 

 

Ferveção flagra Pabllo Vittar na chegada ao hotel antes de se apresentar na Parada do Rio

Depois de se hospedar no mesmo hotel que Pabllo Vittar em Juiz de Fora durante o Rainbow Fest, Ferveção flagrou o artista na chegada ao hotel Othon Palace com sua equipe para se apresentar na Parada LGBT do Rio. O repórter do Ferveção foi até o cantor e fez uma foto com ele que o recebeu muito carinhosamente. 

O hotel é um dos mais caros do Rio e Ferveção fez fotos da vista e instalações. As diárias custam em torno de R$ 500,00 na baixa temporada.

 

DJ Diego Ramal (MG) toca no terceiro trio e na  Garland pool party após a Parada LGBT do Rio

Morando no Rio de Janeiro há quase dois anos, o DJ Diego Ramal (BH) se apresentou no terceiro trio da parada e logo após o evento,  foi uma das atrações da festa Garland White Pool Party em Copacabana. 

      

COMENTE

Mande sua opinião


Nome:

E-mail:

Telefone:

Mensagem:
;

 

Mais Notícias

» Promoter e empresário de Contagem (MG) está rifando um Camaro avaliado em R$ 300 mil Reais

 

» Festival Só Track Boa atrai 10 mil pessoas ao Mineirão em BH

 

» Festa Mol Party em Campinas (SP) impressiona público com palco todo coberto por painéis de leds

 

» Rodeio Parque Show agita Contagem (MG) com montarias, shows de Danilo Reis & Rafael e DJs

 

» The Week celebra 15º aniversário com festa grandiosa em SP - DJ Cacá Werneck se destaca 

 

» Proação 2019 tem show com Cesar Menotti & Fabiano e famosos no Mix Garden

 

» Ivete Sangalo lota Rock in Rio Lisboa e pede respeito: 'Vamos ensinar o intolerante a amar'

 

» Rihanna lança nova coleção de lingerie em desfile badalado e cheio de famosas

 

» Festeja BH atrai 50 mil pessoas ao Mineirão em 14 horas de evento

 

» STF proíbe censura de livros no Rio e dá recado contra discriminação

 

» Simone & Simaria, Alok, Jefferson Morais e Jorge & Mateus animam o Brazilian Day em Nova York

 

» Festival Sarará mais de 20 mil pessoas ao Mineirão em BH

 

» Após reforma, Reinauguração da Havanna em Contagem (MG) super bomba

   
  

                                       

 

 FERVECAO.COM - Copyright (c)