Bafões   Diversão   Mídia   Música   Moda   Noite   Notícias   Sensual   Shows   Twitter

Atualidades

 

Todos os estados e o Distrito Federal registram manifestações contra governo Bolsonaro

  

Grupos pediram vacina contra a Covid-19, reivindicaram o impeachment do presidente, pediram retorno do auxílio emergencial e demostram repúdio contra a política econômica do país

Todos os estados e o Distrito Federal registraram manifestações contra o governo Bolsonaro no sábado (29/5). Ao longo de todo o dia, grupos se reuniram para passeatas e fizeram inúmeras reivindicações. 

Entre elas, os grupos pediram vacina contra a Covid-19, o retorno do auxílio emergencial, além do impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

 

Protesto em Minas Gerais teve atos em BH, Lavras, Juiz de Fora e Montes Claros

Em Belo Horizonte, a concentração do protesto foi na Praça da Liberdade, na Região Centro-Sul da capital. No fim da manhã, o grupo saiu em passeata em direção ao Centro. 

Por volta das 9h30, os manifestantes começaram a se reunir, usando máscara e levando faixas, cartazes e bandeiras diversas, como a do Brasil, de movimentos sociais, de partidos políticos e do movimento LBTQIA+.

Além da saída do presidente, o protesto defendeu o Sistema Único de Saúde (SUS) e a ampliação da vacinação no país. O grupo ainda protestou contra a fome. 

Nos cartazes, os manifestantes levavam mensagens como “fora Bolsonaro genocida”, “o governo é mais perigoso que o vírus”, “comida no prato, vacina no braço”, “menos cortes mais vacinas”, “nem tiro, nem vírus, nem fome”.

A triste marca de mais de 400 mil mortes no país também foi lembrada no protesto. Com pratos vazios, os manifestantes fizeram uma cruz no chão da Praça da Liberdade. Alguns moradores do entorno também acompanharam o protesto das janelas e afixaram faixas e cartazes na fachada dos prédios.

Por volta das 11h30, o grupo saiu da praça em passeata em direção à Praça Sete, ocupando os dois sentidos da Avenida João Pinheiro. Por volta das 12h10, os manifestantes estavam na Avenida Augusto Lima, perto do Mercado Central.

Às 12h30, o grupo chegou à Praça Sete, ocupando um dos principais cruzamentos da cidade, o das avenidas Afonso Pena e Amazonas.

De lá, o grupo seguiu em direção à Praça da Estação, tradicional ponto de manifestações na capital, onde começou a se dispersar. 

A Polícia Militar (PM) informou que a acompanha a manifestação, mas não divulga o número de pessoas presentes. 

Apesar de os manifestantes estarem de máscara, houve registro de aglomeração.

Em Lavras, no Sul de Minas, a manifestação começou por volta de 10h, na Praça Dr. Augusto Silva. Segundo os organizadores do ato, os manifestantes utilizaram máscaras de proteção, mantiveram o distanciamento entre as pessoas e uso de álcool gel. Cerca de 200 pessoas participaram do protesto.

          

COMENTE

Mande sua opinião


Nome:

E-mail:

Telefone:

Mensagem:
;

 

Mais Notícias

» Ex-BBB Viih Tube compra apartamento de luxo em São Paulo

 

» Sasha se casa com João Figueiredo em Angra dos Reis (RJ)

 

» Atlético empata com América novamente e é campeão mineiro pela 46ª vez

 

» Polícia investiga se jovem de 27 anos é a 4ª morte ligada a suspeito de assassinar homossexuais em Curitiba e Santa Catarina

 

» Brasileira Julia Gama fica em 2º lugar no Miss Universo; México leva coroa

 

» MC Kevin morre no Rio após cair do 11º andar de hotel na Barra da Tijuca

 

» Gusttavo Lima e Ludmila cantam para 500 pessoas no Copacabana Palace no Rio

 

» Jornal diz que Rádio Itatiaia foi comprada pelo dono da CNN Brasil

 

» Pabllo Vittar lança clipe do forró 'Ama sofre chora', em que interpreta uma noiva abandonada no altar

 

» Paulo Gustavo morre de Covid no Rio, aos 42 anos

   
  

                                       

 

 FERVECAO.COM - Copyright (c)