Bafões   Diversão   Mídia   Música   Noite   Notícias   Sensual   Shows   Twitter

Notícias

   

Manifestações pela democracia e antirracismo marcam o domingo no Brasil

 

Guilherme Boulos protestou contra decisão judicial que mudou local de ato em São Paulo. Em Belém e no Rio de Janeiro houve prisão arbitrária de manifestantes

Manifestações em diversas cidades do Brasil pediram democracia e protestaram contra o racismo na manhã e na tarde deste domingo (7/6). Algumas sofreram com a repressão policial.

Em São Paulo, a concentração no Largo da Batata começou às 14h, após a Justiça ter proibido a mobilização na Avenida Paulista. A decisão, segundo o líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, teve como objetivo desmobilizar a manifestação.

No ato, ele discursou e rebateu as acusações de Jair Bolsonaro contra manifestantes, conforme registrou o site Viomundo. “O Bolsonaro passou esses dias todos dizendo que a gente é terrorista. Terrorista não é quem defende a democracia, terrorista é quem é expulso do Exército por tentar explodir o quartel!”, disse.

“Vagabundo é quem ficou 27 anos no Congresso e não fez porra nenhuma. Vagabundo é o Véio da Havan, que recebeu auxílio emergencial”, destacou ainda o líder do MTST.

Em Brasília, houve uma marcha na Esplanada dos Ministérios que, entre outras bandeiras, defendia o “fora Bolsonaro”. Com diversos cartazes, faixas e gritos relacionados ao Black Lives Matter (vida negras importam), movimento inspirado na mobilização que ocorre nos Estados Unidos pelo assassinato de George Floyd por um policial branco.

Em Minas, a manifestação reuniu cerca de 2 mil pessoas e aconteceu na av. Afonso Pena. O protesto seguiu até o Tribunal de Justiça de Minas onde houve um ato pedindo justiça e menos racismo no país. 

 

 

Manifestações pela democracia e antirracismo teve ato em frente ao Tribunal de Justiça em BH

Parece que vai ser mais cadenciada, mas estoura e vira uma massaroca eletrônica. O maior destaque fica por conta da letra. Ela tem a ver com o abuso sexual que ela sofreu de um produtor, quando tinha 19 anos. É ótimo ouvir Gaga cantando que se curou, que buscou ser uma mulher livre com ajuda da música e da dança. 

          

COMENTE

Mande sua opinião


Nome:

E-mail:

Telefone:

Mensagem:
;

 

Mais Notícias

» Chromatica' tem Lady Gaga em volta às origens com letras diretas e eurodance escapista

 

» Cantora americana Beth Sacks e DJ Aron (Israel) emplacam novo sucesso das pistas

 

» Lives do Skank, Pabllo Vittar, Daniela Mercury, Cesar Menotti & Fabiano, Matheus & Kauan, Marcus & Belutti e Joelma bombam no Youtube

 

» DJs Gustavo Medrado e Will Tani e gogo Ailton Oliveira se apresentam em live da festa Apple Party em BH

 

» Campanha Minas Acolhe lançada por DJs da cena eletrônica LGBT pede doações por causa da Covid-19

 

» Rede Globo mostra entrevista com o namorado de Gugu no Fantástico

 

» Regina Duarte, secretária da cultura, é demitida do Governo Bolsonaro

 

» YouTube atualiza o ranking da lives musicais mais assistidas no mundo

 

» Pai e filho juntos! Leonardo participa da live de Zé Felipe no dia das mães

   
  

                                       

 

 FERVECAO.COM - Copyright (c)