Bafões   Diversão   Mídia   Música   Moda   Noite   Notícias   Sensual   Shows   Twitter

Atualidades

 

Protesto contra Bolsonaro acontece em todos os estados e Distrito Federal

  

Protestos ocorreram em diversas cidades do Brasil. Manifestantes pedem mais vacina, impeachment de Bolsonaro e volta do auxílio emergencial

Manifestantes foram às ruas no sábado, (3/7), para protestos contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e em defesa da vacinação contra Covid-19. Foram registrados atos em todos os Estados e Distrito Federal, em ao menos 120 cidades brasileiras e em dezenas de capitais europeias. 

Assim como aconteceu em atos semelhantes em maio e junho, as manifestações foram pacíficas. No geral, os manifestantes pediam mais vacina, o impeachment de Bolsonaro e volta do auxílio emergencial de R$ 600.

Na Região Central de Belo Horizonte, um grupo de manifestantes colocou fogo em pneus e interditou o elevado Dona Helena Greco, na Região Central da cidade. Eles gritavam expressões de ordem contra o governo Bolsonaro. 

O protesto contou com cartazes e faixas que se posicionavam contra o fascismo. A mobilização também lembrou a morte de Marielle Franco, ocorrida em março de 2018. De acordo com a Polícia Militar, a intervenção começou por volta das 6h. 

Não houve registro de violência e o grupo se dispersou rapidamente pelas ruas do Centro da capital. Os militares também acionaram o Corpo de Bombeiros para conter as chamas e fazer a retirada dos pneus.

Berlin na Alemanha

 

Com 'Capitão Cloroquino', manifestantes protestam contra Bolsonaro em BH

A manifestação contra o presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), tomou as ruas da Região Centro-Sul de Belo Horizonte, na tarde do sábado (3/7). Com concentração iniciada às 14h, na Praça da Liberdade, o protesto desce a Avenida João Pinheiro em direção à Praça da Estação. Os atos deste sábado receberam o nome de "3JForaBolsonaro".

Além de cartazes em protesto ao governo federal, um dos destaques do movimento foi o já conhecido “Capitão Cloroquino”, também chamado de “Clorokiller”, boneco inflável em alusão ao presidente Jair Bolsonaro, de 13 metros de altura. A sátira ao mandatário foi inflada na Praça da Liberdade pelo Movimento Acredito.

        

COMENTE

Mande sua opinião


Nome:

E-mail:

Telefone:

Mensagem:
;

 

Mais Notícias

» Anitta é premiada no Heat Latin Music Awards

 

» 'Eu sou gay. Não tenho nada a esconder', diz governador Eduardo Leite

 

» Fiscalização interrompe show de pagode na Grande BH

 

» Aglomeração é registrada em região de bares de Contagem

 

» Jatinhos usados por David Brazil em viagens para BH, Salvador e Rio estariam envolvidos em tráfico internacional

 

» Manifestantes fazem atos contra Bolsonaro e a favor da vacina em todos os estados e no DF

   
  

                                       

 

 FERVECAO.COM - Copyright (c)